Indefinido

O potencial produtivo e ambiental do transporte de cabotagem no Brasil é muito significativo e indiscutível. Em meio à pandemia, o modo aquaviário, no qual a cabotagem está inserida, vem se destacando, pois cresceu 16,3%, em comparação ao mês de abril de 2019. Quanto aos tipos de carga da cabotagem, as vantagens são percebidas, principalmente pela movimentação de vários tipos de cargas, como destaca o crescimento de 13% de carga geral e de 44% para contêineres, entre 2013 e 2018. Esses e outros dados são avaliados diante do impacto da COVID-19, unindo-se a informações fundamentais e estratégicas, para se direcionar a cabotagem como um dos maiores destaques na condição logística no futuro do Brasil.

Autores: Marcus Quintella e Marcelo Sucena

Data: 

28/07/2020